Materiais, Insumos e Serviços

A Tereos valoriza e acredita na proximidade da relação com os fornecedores para a maximização de valor aos negócios e parcerias a longo prazo, compartilhando experiências e desenvolvendo continuamente a cadeia de suprimentos.
Para obter um produto final que atenda aos padrões de qualidade, competitividade e pontualidade do mercado a empresa busca:

Para se tornar nosso fornecedor, é necessário cumprir com o Código de Responsabilidade Social disponível neste link
e entrar em contato pelo e-mail: compras@tereos.com

As cotações eletrônicas e os contratos de compras são realizados através do site da COMLINK

Pedidos de Compras
O fornecimento deverá ser exclusivamente do fornecedor indicado em nosso pedido de compra, inclusive não podendo ser de nenhuma filial (todo o CNPJ deverá ser igual ao que consta no pedido de compra).
Não poderão existir divergências entre pedido e nota fiscal, ou seja, a nota fiscal deverá ser um espelho do pedido de compras.

Notas Fiscais
As Notas Fiscais devem ter exatamente os mesmos dados informados em nosso pedido de compra, pois com o SAP não há tolerância com divergência de informações, pela característica do próprio sistema. Assim, solicitamos redobrada atenção para os dados das Notas Fiscais enviadas, tais como: valor, impostos, condição de pagamentos, entrega, quantidades, marca e o número do pedido de compras.

Pela segurança que o sistema SAP oferece e exige, TODA E QUALQUER NOTA FISCAL QUE ESTIVER EM DESACORDO COM O NOSSO PEDIDO DE COMPRA NÃO PODERÁ SER PROCESSADA, tendo que ser devolvida com o material.

Tributos
As propostas deverão apresentar, claramente, alíquotas de impostos tais como ICMS, IPI e suas respectivas bases de cálculo.

Classificação Fiscal
Deverá ser informada a Classificação Fiscal (NCM - Nomenclatura Comum do MERCOSUL) de cada material para emissão do pedido, conforme solicitação do comprador.

Fretes
O Conhecimento de Frete (FOB) deverá acompanhar a nota fiscal e ser entregue junto com o material.

Produtores de cana-de-açúcar

O relacionamento da Tereos com os produtores de cana-de-açúcar é um dos principais pilares para o desenvolvimento
das suas operações. Por isso estar próximo e cultivar esse relacionamento é fundamental para os dois lados.

A Guarani busca parceiros de longo prazo que ofereçam matérias-primas de qualidade, produzidas de maneira
sustentável e segura. Os produtores se beneficiam com esta parceria, pois tem como parceiro uma empresa estruturada e com muitos anos de atuação no mercado sucroenergético.

Tereos em Campo

A fim de estreitar seu relacionamento com o produtor de cana, foi criado o Tereos em Campo, um programa em que a empresa vai até os produtores de cana para auxiliá-los em seu desenvolvimento. A Tereos leva até seus fornecedores apoio técnico, realizando um diagnóstico in loco e oferecendo soluções para questões de produtividade, meio ambiente e gestão.

Além do contato individual, a Tereos mantém comunicação constante com esses parceiros atualizando-os sobre novas tecnologias por meio de eventos técnicos, palestras e comunicados atingindo um universo de 1500 produtores.

Caso tenha interesse em ser um fornecedor de cana da Tereos, entre em contato com o Tereos em Campo e agende uma vista.

  • Unidade Industrial Andrade

    Inaugurada em 1970, a Unidade Andrade localiza-se em Pitangueiras (SP) e é responsável
    pela produção de açúcares cristal dos tipos 2A, 2C, 3, 4 Ind, 5A, 5B, 6, VHP1, VHP2, VHP3
    e refinado granulado dos tipos 45, 45A, 45C. A unidade também produz etanol hidratado e anidro.

    Responsável: Julio Costa Mello E-mail: jcmello@tereos.com

  • Unidade Industrial Cruz Alta

    A Unidade Cruz Alta foi inaugurada em outubro de 1987 na cidade de Olímpia (SP). A planta produz açúcares cristal,
    granulado, amorfo, líquido, invertido, açúcar glacê e etanol hidratado e tem capacidade de moagem de 4.400 milhões de toneladas.
    Por safra, a média de produção de açúcar é de 379.567 toneladas, sendo 56.369,28 m³ de etanol e 204.039 Mwh de energia, sendo que desse total foram comercializados 98.857 Mwh.

    Responsável: Wesley Carlos Rossini de Souza E-mail: wcsouza@tereos.com

  • Unidade Industrial Mandu

    Inaugurada em agosto de 1980, a Unidade Mandu, localizada em Guaíra (SP),
    produz açúcar VHP e etanol anidro e hidratado e cogeração de energia.

    Responsável: Eduardo Saigh Filho E-mail: esaigh@tereos.com

  • Unidade Industrial São José

    A Unidade São José foi inaugurada em 2003, na cidade de Colina (SP), e produz 96% de açúcar cristal,
    dos tipos 2A e 2X, 4% de açúcar VHP, etanol hidratado e cogeração de energia.

    Responsável: Eduardo Saigh Filho E-mail: esaigh@tereos.com

  • Unidade Industrial Severínia

    Inaugurada em 1976 em Severínia (SP), a unidade, que recebe o mesmo nome da cidade em que se encontra,
    produz açúcar cristal tipo 2, além dos açúcares peneirados malha 20 e 30 que passam pelo processo de empacotamento e envase em big bags, já na produção de etanol a unidade produz os tipos anidro e hidratado.

    Responsável: Felipe Peche Canhizares E-mail: fcanhizares@tereos.com

  • Unidade Industrial Tanabi

    A Unidade Tanabi foi inaugurada em outubro de 2007, na cidade de Tanabi (SP), e é responsável pela produção do açúcar VHP,
    etanol hidratado e anidro, e cogeração de energia - 246.888.032 Kwh.

    Responsável: Wesley Carlos Rossini de Souza E-mail: wcsouza@tereos.com

  • Unidade Vertente

    Inaugurada em 20 de agosto de 2002 em Guaraci (SP), a Usina Vertente produz os açúcares Cristal 2-A,
    Cristal MP3 e VHP, etanol anidro e hidratado e, desde 2006, realiza cogeração de energia a partir do bagaço da cana.

    Responsável: Felipe Peche Canhizares E-mail: fcanhizares@tereos.com